Oca xinguana

IDEALIZADA PELO ARTISTA BENÉ FONTELES, foi construída em 2016 por indígenas do baixo Xingu, como um espaço de convivência e intercâmbio entre as culturas. É utilizada para atividades educacionais, conversas na fogueira e dinâmicas diversas que requerem concentração.

Aqui o processo de construção da oca, em meados de 2016, que se revelou um verdadeiro laboratório de trocas culturais e de conhecimentos de técnicas construtivas.