Encontros com a paisagem

ESTE É O PROGRAMA EDUCATIVO DA FAZENDA. Os participantes experimentam os elementos da paisagem natural, as intervenções artísticas e as relações com o entorno por meio de caminhadas, conversas, exercícios poéticos e práticas em ateliê.

O projeto procura incorporar inquietações e ações que permeiam todas as iniciativas que acontecem aqui. É uma consequência de um trabalho educacional realizado há mais de duas décadas pela fazenda. Em 2013, nasceu o núcleo Educativo, passando a receber grupos escolares vinculados ao Programa Cultura é Currículo, da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Como “Lugar de aprender”, a Serrinha passou a ser um dos espaços culturais de visitação da região Bragantina, junto aos demais museus e casas de cultura da região.

As educadoras da Fazenda Serrinha, “encontradoras” como se apresentam, investigam metodologias de aproximação entre público e território, combinando duas potências presentes na paisagem da Serrinha:

A arte – interferências poéticas na paisagem, fruto dos festivais de arte que acontecem no local;

natureza – a fazenda resgata processos naturais e agroflorestais em favor da regeneração da floresta e das potencialidades ecológicas da terra.

Compreendendo essa paisagem como um território vivo, em constante mudança, o público é convidado a sentir, presenciar e intervir no território, como parte integrante dos processos de criação e recriação da paisagem. O grupo atravessa a Serrinha e é atravessado por ela.

 

V I S I T A S

As visitas escolares têm duração de até três horas.

Acolhimento e aquecimento trazem momentos de espontaneidade e abrem espaço para o tempo do aqui e do agora: tempo da observação ativa, da presença, da descoberta, da aprendizagem.

Atravessamos a mata, visitamos locais onde a floresta está regenerando, percorremos eucaliptais, pastos e agroflorestas. Passamos por olhos d´água, avistamos a represa do Jaguari-Jacareí e a serra da Mantiqueira, miramos cidades ao longe e a cidade chegando bem perto. Observamos as marcas de ocupações de outros tempos impressas no tempo presente. Interagimos com a arte, cuidadosamente colocadas em sítios específicos da paisagem.

A caminhada, os experimentos poéticos, os jogos teatrais e os trabalhos em ateliê ajudam os participantes a encontrarem-se como parceiros de uma mesma experiência em busca de novos horizontes.

 

E N C O N T R A D O R A S

Maria Fernanda Carmignotto, Naira Moraes e Soraya Voigtel

 

C O N T A T O

A Fazenda Serrinha está à disposição para desenvolver em parceria com escolas e outras instituições de educação ações e projetos especiais. Para marcar uma visita e conhecer pessoalmente nosso espaço e nosso projeto, escreva para contato.serrinha@gmail.com.

 

:: VEJA AQUI A PUBLICAÇÃO “DA FLORESTA NATURAL À ARTE NA NATUREZA”